MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

Especialidade em domínio Cognitivo e motor

Instituto de Estudos Superiores de Fafe (IESF)

Acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (acreditação máxima – 6 anos) n.º do Processo:  NCE/17/00205.

Apresentação

O ciclo de estudos pretende formar profissionais para a intervenção altamente qualificada nas diversas áreas da Educação Especial, domínio Cognitivo e Motor, nomeadamente para o exercício de competências científicas e técnicas ao nível de mestrado das diferentes responsabilidades na área da Educação Especial, previstas pelo Decreto-Lei n.º 54/2018 de 6 de julho, e para assumir responsabilidades enquanto promotores da inclusão na comunidade educativa e no mercado de trabalho.

Os Mestres em Educação especial, domínio Cognitivo e Motor estarão na posse das competências de análise crítica, de formação, de supervisão, de avaliação, de intervenção e de consultoria que o qualificam para o exercício das funções de apoio, de acompanhamento e de integração socioeducativa de indivíduos com necessidades educativas especiais.

Condições de acesso e ingresso

No curso de Mestrado em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor, como curso de mestrado stricto sensu, são admitidos como candidatos à inscrição os titulares de um grau de Licenciatura, Bacharelado ou equivalente legal.

Critérios de seleção e seriação

A seleção e seriação dos candidatos no Brasil serão realizadas por um júri nomeado pelo Conselho Técnico-Científico do Instituto de Estudos Superiores de Fafe Escola Superior e do Instituto Lusófono de Educação Superior, com base na análise curricular. Os critérios de seleção serão os seguintes:

  • Domínio e classificação da Licenciatura ou Bacharelado;
  • Experiência profissional;
  • Participação em projetos;
  • Apresentação de comunicações;

Documentação necessária para a candidatura

No ato da candidatura, o candidato deverá apresentar:

  • Fotocópia autenticada do Diploma e Histórico da Graduação;
  • Currículo Vitae acadêmico, científico e técnico (preferência: Currículo Lattes);
  • Fotocópias da Carteira de Identidade (RG) e do Cartão de Contribuinte (CPF);
  • Boletim de candidatura devidamente preenchido (facultado na secretaria do ILUSES).

Documentação necessária para a matrícula

  • 2 Fotografias tipo 3×4;
  • Fotocópia autenticada e apostilada do Diploma e Histórico da Graduação;
  • Fotocópia do Passaporte;
  • Boletim de matrícula devidamente preenchido (facultado na secretaria do ILUSES).

Organização e funcionamento

  • Duração: 30 meses
  • Grau: Mestrado
  • Coordenação: Professora Doutora Cristina Machado

Na primeira etapa, o futuro Mestre inicia o curso de especialização, com rigor e padrões científicos, sob a coordenação pedagógica do IESF, da qual participam renomados professores Doutores do Brasil. Em conformidade com o Decreto Lei português nº 63/2016, de 13 de setembro o titulares de um curso de especialização na mesma área de formação do mestrado, poderão ser-lhes registrados até 50% dos créditos ECTS relativos às unidades curriculares dos dois primeiro semestre do plano de estudos do respectivo curso de mestrado do IESF.

Na Segunda etapa, o mestrando participará de seminários temáticos e pedagógicos com professores pesquisadores doutores do IESF – Fafe/Portugal que promovem os seminários e orientam o acadêmico na elaboração do projeto de pesquisa para que, na etapa seguinte, possa desenvolver sua dissertação e defendê-la em Fafe – Portugal. Após conclusão das duas (2) etapas o aluno desenvolve sua dissertação de mestrado orientado por um professor doutor do IESF e no final poderá defender perante um júri público em Fafe – Portugal.

Linhas de Investigação

  • Aprendizagem e cognição de indivíduos com necessidades especiais de ensino;
  • Implementação e avaliação de programas alternativos de ensino especial;
  • Produção científica e formação de recursos humanos em Educação Especial.

Estrutura do programa

120 ECTS (European Credits Transfer System)

1º ANO - Disciplinas - 30 ECTS - (ESPECIALIZAÇÃO)

  • Metodologia de Investigação Científica I;
  • Diversidade e Inclusão;
  • Tecnologias de Apoio e Comunicação Alternativa e Aumentativa;
  • Neurociências, Profissionalidade e Ética profissional dos docentes de NEE;
  • Psicopedagogia das Necessidades Educativas Especiais;
  • Perturbações no Domínio Cognitivo e Motor;
  • Metodologia de Investigação Científica II;
  • Seminário de Qualificação de Projetos.

1º ANO - Disciplinas - 30 ECTS - (MESTRADO)

  • Epistemologia e Investigação em Educação;
  • Avaliação, Programação e Intervenção em Educação Especial, Domínio Cognitivo e Motor;
  • Transição para a Vida Pós-escolar dos Alunos com NEE;
  • Adaptações Curriculares para a Criança e jovens  com Necessidades Educativas Especiais;
  • Modelos e Técnicas Específicas para alunos com DAE.

2º ANO - Dissertação - 60 ECTS

  • Redação da Dissertação.

Da defesa

A Defesa da dissertação junto ao júri – realizar-se-á sempre em Fafe – Portugal, nas instalações do Instituto de Estudos Superiores de Fafe – IESF.

Reconhecimento de diplomas

O Instituto de Estudos Superiores de Fafe expedirá o diploma de Mestre (carta magistral) ao acadêmico, após conclusão com êxito nas atividades, cumprimento das exigências previstas em contrato e após defesa da dissertação perante a Banca Examinadora em Fafe/Portugal. Em seguida, de acordo com orientações do MEC, o aluno deverá entrar no portal: www.carolinabori.mec.gov.br e solicitar o seu pedido de reconhecimento em uma das instituições pública credenciadas no portal ou caso prefira poderá obter orientação do setor jurídico do ILUSES que poderá orientar no processo online, protocolando o pedido em uma Universidade pública do Brasil através da plataforma digital.

Mais de 23 anos de Existência

O Instituto de Estudos Superiores de Fafe materializa um projeto de Ensino Superior com origem em Fafe, no Norte de Portugal, estruturado a partir da proximidade ao meio e do ideal de serviço à região, mas com uma vocação universalista de procura e partilha de conhecimento. O IESF abraça com confiança o desafio de qualificar o Ensino Superior Português, assumindo os desígnios do desenvolvimento do Espaço Europeu de Ensino através de uma verdadeira cultura avaliativa e do convite ao permanente escrutínio dos seus pares e da sua comunidade visando um ideal de qualidade total, monitorizada por práticas constantes de avaliação.